Rui Santos (Vila Real /PS): "Será complicado reverter" medidas da reestruturação do sector da água (COM VÍDEO)


>> VÍDEO

 

O presidente da Câmara Municipal de Vila Real, Rui Santos (PS), que é defensor da reestruturação do sector da água, nomeadamente a agregação dos sistemas multimunicipais, considera que dificilmente o processo, já em curso, poderá ser revertido, como é intenção de um Governo de esquerda liderado pelo Partido Socialista.

 

“A mim parece-me muito complicado reverter este processo. Poderá acontecer, mas para isso terá que ser o Orçamento de Estado a garantir que todas as câmaras paguem o mesmo pela água em alta e pelo saneamento”, referiu o autarca ao Ambiente Online à margem da 10ª Expo Conferência da Água.

 

"Aquilo que defendo e sempre defendi é que todos paguemos o mesmo ou tendencialmente o mesmo. Se houver folga no Orçamento de Estado muito bem. A minha preocupação não tem que ver com o modelo. Ao fim de muito tempo encontrou-se uma solução e eu defendo-a. Admito que haja outras. O que não aceito é que se volte para trás e os municípios do interior paguem 70 ou 80 por cento mais que os do litoral por um bem fundamental como a água ou saneamento", remata.

  

A Expo Conferência da Água, que este ano comemora 10 anos, é uma organização do grupo About Media, que detém as publicações jornal Água&Ambiente e portal Ambiente Online.

 

(Ana Santiago para o Ambiente Online)