Guias eletrónicas vão conseguir controlar o rasto dos resíduos?

Acompanhar e controlar o rasto dos resíduos é o objetivo das novas guias eletrónicas de acompanhamento de resíduos (e-GAR).
Uma novidade que conheceu período experimental e que muito pode mudar a gestão dos resíduos em Portugal. Gera, também por isso, toda a curiosidade.

 

Inês Diogo, Vogal do Conselho Diretivo da APA - Agência Portuguesa do Ambiente, responde às perguntas sobre as e-GAR.

 

Algumas questões-chave:
Como estão a funcionar as e-GAR? Estão a ter muita adesão?
Que lições se retiram nesta fase do novo modelo?
Que acertos há ainda fazer para as ajustar à realidade do alargado leque de operadores que as terão de utilizar?
Como serão penalizados os operadores que não utilizarem as e-GAR no futuro?
Existirá alternativa enquanto não for obrigatória?

 

Confira as respostas e conheça o futuro do transporte de resíduos no 11.º FÓRUM NACIONAL DE RESÍDUOS.