Produção de resíduos de construção e demolição está subavaliada

Produção de resíduos de construção e demolição está subavaliada06.03.2017

Os números oficiais da produção de resíduos nos vários setores de atividade em Portugal não refletem a realidade e a construção é uma das áreas mais problemáticas.


Hermano Rodrigues, partner na Augusto Mateus & Associados, responsável pelo "Estudo sobre a Relevância e o Impacto do Setor dos Resíduos em Portugal na Perspetiva de uma Economia Circular", admite, em declarações ao Água&Ambiente na Hora, que a introdução de guias eletrónicas poderá tornar "mais robusta" a informação.


As novas guias eletrónicas de acompanhamento de resíduos (e-GAR), que permitirão seguir o rasto dos resíduos, estão a funcionar por enquanto apenas em período experimental, já que ainda se aguarda a publicação da portaria pela tutela, o que tornará este procedimento obrigatório.

A Agência Portuguesa do Ambiente irá apresentar o tema no 11º Fórum Nacional de Resíduos e responder às questões que se colocam em período de grande expetativa face à iminente publicação da portaria. O 11º Fórum Nacional de Resíduos, que decorre a 19 e 20 de abril, é uma organização do jornal Água&Ambiente. 

 

Leia a notícia completa do Água&Ambiente na Hora (Nº 111 - 03.03.2017). Para subscrever o novo serviço de informação Água&Ambiente na Hora envie um e-mail para assinaturas@about.pt. Pode visualizar aqui as condições de subscrição.

 

(Ana Santiago para o Ambiente Online, 06.03.2017)