Agregações na baixa: duas décadas de estudos mas poucos casos

Nas últimas duas décadas muitos estudos foram realizados para potenciar agregações de municípios para a gestão da água em baixa, mas poucos casos se concretizaram.

 

O consultor Pedro Serra apresentou esta tarde uma análise do "caminho percorrido desde 2003" na 12ª Expo Conferência da Água, que decorre hoje e amanhã, em Lisboa.

 

Leia a notícia completa no Água&Ambiente na Hora (Nº 237 - 07.11.2017). Para subscrever o serviço Água&Ambiente na Hora ou pedir informações sobre o mesmo envie um e-mail para assinaturas@about.pt.

 

A título complementar, para perceber por que razão foram realizados tanto estudos mas tão poucos casos concretos avançaram, ouvimos José Martins Soares e Francisco Narciso, do grupo Águas de Portugal, e ainda José Pós-de-Mina, antigo presidente da Câmara Municipal de Moura, sobre o caminho percorrido (ver vídeo).

Além da Águas do Ribatejo, empresa intermunicipal, existe o caso da concessão da Águas do Planalto e da empresa multimunicipal Águas da Região de Aveiro, onde os municípios se juntaram com a participação da AdP, tal como no Noroeste. 

 

(Ana Santiago para o Ambiente Online, 07.11.2017)