Carlos Martins vai apresentar o balanço das agregações da Expo Conferência da Água

Sabemos que é difícil para os municípios vencer todo o processo administrativo que está subjacente à constituição dos sistemas agregados. Mas também sabemos que há muitos municípios que estão a trabalhar neste sentido." (in Ambiente Online)

 

Quem o diz é Carlos Martins, Secretário de Estado do Ambiente, que vai fazer o BALANÇO DAS AGREGAÇÕES PARA A GESTÃO DA ÁGUA EM BAIXA no primeiro dia da 13.ª Expo Conferência da Água. 

 

Sobre as agregações dos sistemas em baixa, Carlos Martins revelou que o aviso de fundos comunitários destinado ao Ciclo Urbano da Água para “ Operações promovidas por entidades gestoras agregadas” vai ser prolongado até fevereiro. Em causa está a fraca adesão das entidades, o que decorre também de dificuldades em torno do processo de formalização das entidades gestoras agregadas.

 

"Não queríamos que essa vontade e esse trabalho desenvolvido ficasse prejudicado, comprometendo os objetivos que levaram ao desenho deste modelo de gestão”, explicou Carlos Martins. 

 

Conheça em detalhe o balanço das agregações no dia 21 de novembro na 13.ª Expo Conferência da Água.

Participe na discussão dos temas que fazem a atualidade do setor.