ORADORES

Amarilis de Varennes, Prof. Doutora Presidente do ISA - Instituto Superior de Agronomia

 

 

Joao Belo, Diretor - Geral da About Media

 

 

Luis Santos Pereira, licenciou-se em Arquitectura Paisagista na Universidade de Évora.

Iniciou a sua atividade profissional em 1984 como Coordenador de diversos Projetos de Arquitetura Paisagista e Consultor em diversas entidades.

É administrador e fundador da Vibeiras, Sociedade Comercial de Plantas, S.A. (1989), a primeira empresa em Portugal a definir como seu objeto o projeto e obra de Arquitectura Paisagista, por oposição aos tradicionais hortos e viveiros dedicados unicamente à produção e plantação de plantas.

 

 

Jorge Cancela, Arq. Paisg. Presidente da APAP - Associação Portuguesa de Arquitectos Paisagistas

 

 

Cristina Castel-Branco, licenciou-se em Arquitectura Paisagista pelo Instituto Superior de Agronomia (ISA). Com uma bolsa Fullbright –ITT completou o Master in Landscape Architecture na Universidade de Massachusetts, tendo-lhe sido atribuido o “Student Honor Award of American Society of Architects” em 1989. Efectuou estudos complementares na Universidade de Harvard, doutorou-se (1993) e fez a Agregação (2006) em História de Arte de Jardins na Universidade Técnica de Lisboa.

É docente do Instituto Superior de Agronomia (1989 até ao presente) e dirigiu o restauro do Jardim Botânico da Ajuda, tendo sido Directora deste jardim entre 1997 e 2002. De 1993 a 1998 foi assessora chefe de Arquitetura Paisagista da Expo’98, responsável pela concepção do Projeto do Jardim Garcia de Orta no recinto da Expo’98 e autora do projeto de plantações deste jardim em co-autoria com o desenho de João Gomes da Silva.

É sócia fundadora do atelier ACB – Arquitetura Paisagista, (1991) onde mantém uma atividade projetista várias vezes premiada. É autora de doze livros sobre Jardins Históricos e Arquitetura Paisagista, e publica em revistas da especialidade na Europa, Estados Unidos da América, no Brasil e no Japão.

Nomeada membro internacional do ICOMOS (UNESCO) em 2004, é conselheira do Comité de Paisagens Culturais para as missões de Património Mundial. Em 2013 foi nomeada Presidente do Conselho Científico do Institut Européen des Jardins et Paysages. Fundou a Associação dos Amigos do Jardim Botânico (2001) e a Associação Portuguesa dos Jardins e Sítios Históricos (2004) Membro correspondente da Academia Nacional de Belas Artes ( 2016) , da Academia Brasileira de Arte do Rio de Janeiro (2017) foi condecorada por França com a “ Ordre d’Officier des Arts et des Lettres” em 2013.

 

 

Duarte da Mata, nascido em Lisboa em 1976, licenciou-se em Arquitectura Paisagista (5 anos) pelo Instituto Superior de Agronomia no ano 2000, foi projectista e colaborou em diversos planos e projectos.

Colabora com a Vereação do Ambiente, Estrutura Verde, Clima e Energia da Câmara Municipal de Lisboa desde 2007, onde é actualmente adjunto do Vereador, promovendo a articulação dos objectivos programáticos destas diferentes áreas, como a implementação e gestão da estrutura verde, o cumprimento de metas ambientais ligadas à mitigação, à adaptação climática à biodiversidade urbana e à quantificação dos serviços dos ecosistemas em meio urbano.

Articula ainda trabalhos relacionados com a implementação da rede ciclável de Lisboa cujo tema desenvolveu desde a tese final de curso.

 

 

Vasco Costa Simões, licenciou-se em Arquitectura Paisagista pelo Instituto Superior de Agronomia (ISA).

Iniciou a sua actividade profissional em 2003, sendo autor e co-autor de diversos trabalhos de Ordenamento e Planeamento Paisagístico bem como de Projectos de Paisagem para parques e jardins, espaços públicos urbanos, áreas patrimoniais, entre outros.

Destaca-se a sua colaboração no gabinete ARPAS, na APAP e como Director Geral da VIBEIRAS RAWDA.

Actualmente é Director da área de Mobiliário Urbano e Paisagismo da FLGASPAR, estando focado no desenvolvimento de paisagens recreativas.  

 


Guilherme Vieira nasceu no Porto em 1989.

Mestre em Arquitecto Paisagista pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto e pós-graduado em Research Based Design pelo Strelka Institute for Media Architecture and Design em Moscovo, assume-se como um cidadão do mundo em busca de novas experiências, culturas e conhecimentos.

Colaborou na elaboração de projectos e acompanhamento de obras em diferentes gabinetes de arquitectura paisagista e urbanismo em Portugal, Holanda e Rússia.

A partir de 2016, como arquitecto paisagista e director de obra em Marrocos, é constantemente desafiado com a necessidade de adaptação a um país e continente em busca do desenvolvimento sustentável.