Os desafios da reutilização de água discutem-se na 16.ª Expo Conferência da Água

 

Nuno Brôco, vice-presidente da AdP Valor marcará presença na 16.ª Expo Conferência da Água para apresentar a estratégia do grupo na procura de soluções para reforçar a economia circular na gestão da água, nomeadamente por via da reutilização de águas residuais tratadas. Esta opção beneficia agora de um novo enquadramento legal, publicado já em 2021, que veio estabelecer a reutilização como atividade principal dos sistemas multimunicipais. “Esta alteração legislativa cria-nos um quadro e uma janela de oportunidade de extremo interesse, para potenciarmos a reutilização de água residual em Portugal, contribuindo assim para a economia circular de uma forma mais abrangente”, salienta o gestor. Este é, contudo, “um quadro que ainda não está totalmente estabilizado” e os desafios que ainda se colocam neste âmbito estarão também em análise na próxima Expo Conferência da Água.

 

O painel “Tendências emergentes e novas origens de água”, que se realiza no dia 15 de novembro, conta ainda com a intervenção de João Levy, presidente do grupo Ecoserviços e professor do IST, que reúne conhecimento e experiência no desenvolvimento de projetos nas áreas da reutilização de água, mas também de dessalinização.

 

Também no dia 15, o painel “Água e Energia” trará exemplos de projetos inovadores, na área da energia, que colocam as entidades gestoras na rota da descarbonização e contribuem, ainda para reduzir a exposição do setor à escalada de preços da eletricidade. As apresentações ficarão a cargo de Frederico Fernandes, presidente do Conselho de Administração da ÁGUAS DO PORTO - Águas e Energia do Porto e de José Manual Sardinha, presidente do Conselho de Administração da EPAL e vice-presidente do Conselho de Administração da Águas de Portugal.

 

A 16.ª edição da Expo Conferência da Água decorre a 12 e 15 de novembro, no hotel Sana Malhoa, em Lisboa.