Sociedade Ponto Verde

O Brasil está atualmente num período de viragem na área da gestão de resíduos. Nos últimos anos muitas iniciativas foram desenvolvidas tendo sempre presente os grandes eventos que irão decorrer nos próximos anos.

 

O mesmo processo que está acontecendo no Brasil tem vindo a acontecer em Portugal nos últimos anos, tendo-se vindo a assistir a uma evolução muito significativa nesta área, impulsionado pela sua entrada na União Europeia.

 

Os resultados importantes que foram alcançados, fruto da implementação de experiências de sucesso e de boas práticas, podem e devem ser partilhados entre os dois Países.

 

Nesse sentido, a Sociedade Ponto Verde tem estado a colaborar com as autoridades brasileiras através da celebração de protocolos de cooperação técnica, nomeadamente com a Secretaria de Estado do Ambiente do Rio de Janeiro, e com a cidade de Niterói, tendo em vista a partilha de informações relativas à aplicação dos conceitos de responsabilidade alargada do produtor na gestão dos fluxos de resíduos.

 

Um pouco por toda a Europa, a gestão dos diversos fluxos de resíduos, baseia-se no princípio da responsabilidade compartilhada do produtor, através do qual este desempenha um papel ativo na gestão dos resíduos gerados pós-consumo e no seu financiamento.