Penafiel recebe aterro de RCD e estação de triagem

O aterro de resíduos de construção e demolição de Rio Mau e a estação de triagem de penafiel foram inaugurados na semana passada. O investimento rondou um milhão de euros.

07.06.2010
O aterro de resíduos de construção e demolição de Rio Mau e a estação de triagem de penafiel foram inaugurados na semana passada. O investimento rondou um milhão de euros.

Este aterro, único do género na área de intervenção da Ambisousa (municípios de Castelo de Paiva, Felgueiras, Lousada, Paços de Ferreira, Paredes e Penafiel), possui uma capacidade total de 124 000 toneladas, ao qual corresponde um investimento total de 570 mil euros. Com esta unidade, «fica assim assegurado um destino final para este tipo de resíduos, evitando que sejam ilegalmente descarregados no meio ambiente e permitindo a resolução de um passivo ambiental», refere uma nota do Ministério do Ambiente.

Localizado na Serra da Boneca, o aterro de inertes de Rio Mau localiza-se no município de Penafiel e possibilita a requalificação ambiental de uma antiga exploração de lousas (ardósias), repondo, tanto quanto possível, as condições iniciais do terreno e a sua integração paisagística.

Já a implantação da estação de triagem de Penafiel, no Aterro Sanitário de Penafiel, representa um investimento de 414 mil euros, assegurando uma capacidade mínima de processamento de 2000 toneladas anuais de resíduos da fracção embalagem.

TAGS: RCD , inertes , embalagens , ambisousa
Vai gostar de ver
VOLTAR