É tempo de pensar no prolongamento da vida das eólicas

25.10.2017

O prolongamento da vida das centrais eólicas é uma tendência no setor da energia. A ideia foi defendida esta manhã pelo CEO da WindEurope, Giles Dickson, durante a conferência organizada pela APREN – Associação de Energias Renováveis, que decorreu na Fundação Champalimaud.
 
Portugal tem 5 GW de potência instalada para a produção de eletricidade a partir de energia eólica, que representa atualmente um quarto do consumo no continente, segundo dados da APREN. “Todas estas unidades vão reparar-se ou vão fechar-se?”, interroga-se Giles Dickson lembrando que muitas estão a começar a atingir o fim de vida útil.

 

Leia a notícia completa do Água&Ambiente na Hora (Nº 228 - 25.10.2017). Para subscrever o serviço Água&Ambiente na Hora ou pedir informações sobre o mesmo envie um e-mail para assinaturas@about.pt

VOLTAR