Estudo vai revelar tipo e quantidade de resíduos perigosos produzidos em Portugal

Secretário de Estado do Ambiente garante que haverá novidades sobre o assunto em Junho

29.04.2016

Um estudo quantitativo e qualitativo vai revelar a verdade dos números sobre os resíduos perigosos produzidos em Portugal. A garantia foi dada pelo Secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, no 10º Fórum Nacional de Resíduos.

 

O governante referiu que já foi nomeado um novo presidente para o Observatório dos CIRVER (Centros Integrados de Recuperação, Valorização e Eliminação de Resíduos Perigosos), que elaborará em breve um relatório sobre a situação actual e sobre a forma como as instalações estão a funcionar.  

 

Carlos Martins revela que esta informação será usada pela comissão das licenças para avaliar o prolongamento de licenças, tema que já está em cima da mesa a ser avaliado.

 

A ideia é que se tenha em conta “uma realidade concreta e não uma expectativa de produção de resíduos que está muito para além daquela que hoje o país produz”, argumenta. “Até Junho teremos notícias sobre esse assunto,” prometeu.

 

O 10º Fórum Nacional de Resíduos decorreu a 19 e 20 de Abril, em Lisboa, e foi organizado pelo jornal Água&Ambiente, uma publicação do Grupo About Media.

 

Ana Santiago

TAGS: Secretário de Estado do Ambiente , Carlos Martins , 10º Fórum Nacional de Resíduos , resíduos perigosos
Vai gostar de ver
VOLTAR