Marcos Sá (Educação Ambiental): Formar cidadãos que valorizam a água todos os dias

08.01.2018

A EPAL e a Águas de Portugal inauguraram recentemente um novo espaço na KidZania – o Laboratório de Água da EPAL. Este espaço tem muito a oferecer à comunidade educativa, sendo uma oportunidade ímpar para que os alunos tenham uma experiência educativa única. A importância desta iniciativa pretende despertar nas crianças um cuidado permanente com a água, mas também uma vocação profissional.

 

Se é verdade que os laboratórios são essenciais para assegurar a extraordinária qualidade da água da torneira que temos, também é uma oportunidade única de comunicação, para nós podermos transmitir a todos os que nos visitarem para consumirem mais água da torneira, porque é a melhor, a mais segura, a mais barata e que esta opção representa um comportamento sustentável e amigo do ambiente.

 

A atividade deste Laboratório, inicia-se com uma formação sobre o Ciclo Urbano da Água. Depois, os jovens técnicos analisam uma amostra de água para avaliar a presença do cloro e os valores de pH, com o intuito de verificarem se tudo se encontra dentro dos parâmetros adequados ao consumo humano. Segue-se uma prova de cheiro e sabor a quatro amostras de água, para que compreendam, na prática, que a água pode ter, ocasionalmente, sabor e cheiro devido a diversos fatores. Beber água da torneira com mais satisfação é algo que também aprendem através de algumas dicas que lhes são apresentadas no final da atividade.

 

Portugal, e agora que estamos a viver um período complexo de seca, precisa de cidadãos cada vez mais informados acerca do valor da água, da importância que ela tem para a nossa vida e do trabalho que milhares de pessoas realizam todos os dias no nosso país, para termos todos os dias água em quantidade e qualidade. Este projeto, a par do exemplar Serviço Educativo realizado pelo Museu da Água da EPAL, será uma das nossas principais apostas para a Educação Ambiental das gerações futuras. Este projeto já faz parte do Programa Escolar 2017/2018 da KidZania, e será visitado por cerca de 240 mil crianças por ano.

 

Permitam-me uma nota final, relativa aos 150 anos da EPAL. Vestir a camisola por uma empresa que presta um serviço público, de forma exemplar e ímpar, há 150 anos, é um motivo de enorme orgulho institucional, colectivo, mas também pessoal por fazer parte desta família. Parabéns a todos os que fizeram da EPAL, tudo aquilo que ela é hoje: Uma referência nacional e internacional do Sector da Água!  

 

Marcos Sá, diretor de comunicação e educação ambiental da EPAL, é licenciado em Ciências da Comunicação e da Cultura e possui cinco pós-graduações na área da gestão, marketing e Direito. Tem formação executiva na área da liderança, gestão de equipas e internacionalização de empresas. Foi docente, como assistente convidado, durante sete anos, na Universidade Nova de Lisboa. Exerceu funções de vereador da Câmara Municipal de Oeiras e de deputado à Assembleia da República integrando, entre outras, a Comissão de Ambiente. Desde 2011 é dirigente do setor empresarial do Estado, tendo sido responsável, entre 2011 e 2016, pela relação comercial de 98 municípios servidos pela EPAL, assim como, de todos os produtos e prestação de serviços dessa entidade, no mercado nacional e internacional. É ainda vice-presidente de uma instituição, sem fins lucrativos, na área do apoio social para idosos. As opiniões expressas neste artigo vinculam apenas o autor.

VOLTAR