Pedro Verdelho será o novo vogal do Conselho de Administração da ERSE

30.11.2018

Pedro Martins Verdelho foi o nome proposto para Vogal do Conselho de Administração da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) pelo Ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes. Foi agora solicitada à Comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas da Assembleia da República a audição prévia prevista na lei, após um parecer positivo sobre a avaliação curricular e adequação de competências à Comissão de Recrutamento e Seleção da Administração Pública.


Lembre-se que em Outubro passado e deputado socialista Carlos Pereira tinha sido indigitado para este cargo mas as pressões políticas e críticas da oposição levaram-no a retirar a sua candidatura.


Desta vez é diferente, o candidato Pedro Verdelho junta o grau académico de Licenciatura, Mestrado e Doutoramento, todos em Engenharia Electrotécnica e de Computadores do Instituto Superior Técnico, em 1987, 1990 e 1995, respetivamente. Tem ainda a experiência Responsável pela Direcção de Tarifas e Preços da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), de 1999 até este ano.


O académico afirma que os “seus principais interesses centram-se na definição de tarifas e preços de electricidade e gás natural, eficiência energética com uma incidência particular do lado do consumo, regulação económica, qualidade de energia eléctrica”, para além de especialização em áreas mais técnicas.


Publicou mais de uma centena de artigos nas áreas referidas com cerca de mil referências. Recebeu o “Meritorious Paper Award” em 1996 da “IEEE Industrial Electronics Society”.


Paralelemente é ativo produtor de vinho em negócio familiar no Douro, produzindo sob a marca Dona Berta.

 

Foto: mesa-do-chef.blog

VOLTAR