Semana Comentada: Ana Rita Antunes, Grupo Energia e Alterações Climáticas - Quercus (COM VÍDEO)

“Temperatura em Portugal pode aumentar oito graus celsius”

07.11.2014

A coordenadora do Grupo Energia e Alterações Climáticas da Quercus - Associação Nacional de Conservação da Natureza, Ana Rita Antunes, protagonista da Semana Comentada, chama a atenção para o relatório do Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas (IPCC), que foi conhecido no último fim-de-semana. O documento alerta para a urgência de agir de forma a que a temperatura média do planeta não aumente mais do que dois graus celsius até 2100.

 

“Portugal é referido neste relatório principalmente por causa dos fogos florestais, que têm tendência a aumentar num cenário de alterações climáticas e de aumento de temperatura. Também é referido neste relatório que a temperatura em Portugal poderá aumentar até oito graus celsius”, alerta Ana Rita Antunes.

 

Estas conclusões são importantes na medida em que mostram como será “necessário agir nas próximas conferências das alterações climáticas, mas também mobilizar a opinião pública e os cidadãos para esta temática do combate às alterações climáticas”.

 

Os fenómenos extremos, como as cheias e secas, cada vez são mais e já se fazem sentir por todo o mundo atingindo principalmente as populações mais vulneráveis quer nos países em desenvolvimento para também nos países desenvolvidos, sublinha.

 

“Por isto tudo é necessária uma aposta na redução do consumo de combustíveis fósseis. Temos que deixar de usar o petróleo, o carvão e o gás natural como as nossas fontes primordiais de produção de energia e é preciso apostar em eficiência energética e em energias renováveis”, avisa a ambientalista.

TAGS: Semana Comentada , Ana Rita Antunes , Quercus , alterações climáticas , IPCC
Vai gostar de ver
VOLTAR