Semana Comentada: Directora-Geral da APED, Ana Isabel Trigo Morais (COM VÍDEO)

“Consumidor não devia ser penalizado pagando taxa sobre sacos de plástico”

29.09.2014

Os consumidores vão ter que pagar oito cêntimos por cada saco de plástico que utilizarem quando forem às compras. É esta a proposta apresentada ao Governo pela Comissão para a Reforma da Fiscalidade Verde. A APED – Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição é uma das vozes que se levanta contra esta medida.

 

A directora-geral da APED, protagonista da Semana Comentada, defende que os consumidores portugueses não deveriam ser penalizados, mas antes premiados pelas boas práticas que já deram sinal de aceitar.

 

“Os portugueses estão de parabéns pois têm sido consumidores que muito têm contribuído já para utilizar meios alternativos aos sacos de plástico para levar as suas compras para casa”, enaltece.

 

A responsável sublinha que o sector da distribuição há muito que desenvolve campanhas e iniciativas de sensibilização de modo a contribuir para uma redução efectiva da utilização e do consumo de sacos de plástico em Portugal. “Deveríamos estimular a introdução de melhores práticas no mercado de modo a, todos juntos, contribuir para este grande desígnio que é a redução do impacto ambiental dos sacos de plástico”.

 

A Comissão da Fiscalidade Verde tinha proposto, no ante-projecto, um valor de dez cêntimos por cada saco de plástico mas acabou por reformular a proposta ajustando o valor para oito cêntimos, como o Ambiente Online noticiou. O Governo irá ainda analisar as medidas a adoptar no âmbito da revisão da fiscalidade ambiental e energética.

TAGS: Semana Comentada , Ana Isabel Trigo Morais , APED
Vai gostar de ver
VOLTAR