Capa

Fiscalização insuficiente agrava poluição no rio Tejo

O Ministério do Ambiente está a apertar o cerco às indústrias poluidoras e o plano de gestão da região hidrográfica prevê investimentos superiores a 480 milhões para assegurar a boa qualidade da água. Mas há que reforçar meios de fiscalização e compilar mais dados de monitorização.
Editorial

Fernando Santana

“É bem evidente que a questão das perdas de água é consequência, como, afinal, praticamente todas as questões, da decisão política inerente à alocação de recursos às diferentes necessidades”
Entrevista

Rien Otto: “A economia circular é uma oportunidade”

“Já não se trata de comprar e vender”, assegura o fundador da Dutch aWEarness, empresa de vestuário sustentável. A economia circular implica novos modelos de negócio e uma forte aposta nas parcerias empresariais, que é também o maior desafio a superar na transição de paradigma.
Atualidade

LNEC quer lançar escola de políticas públicas e regulação até ao Verão

O objectivo passa por criar em Portugal um hub internacional na área da água que contemple formação de alto nível e projectos de inovação, mas que também potencie o aparecimento de novas iniciativas empresariais e de cooperação. 
Análise

Orçamento do ambiente aumenta 27 por cento em 2016

O Ministério do Ambiente tem mais 360 milhões de euros para gastar em 2016 do que no ano anterior. Reversão das fusões na água, reavaliação do programa de barragens e emissão das novas licenças de fluxos específicos estão entre as prioridades para este ano.
Dossier Especial

Gestão de Perdas de Água

Radiografia do mercado | Gestão Tecnológica | I&D | Tendências | Visões