Capa

Tara retornável gerida por uma entidade por uma entidade vai enviesar concorrência

A possibilidade de atribuição de uma licença a apenas uma das três entidades gestoras do SIGRE  para a gestão de um sistema de tara retornável para embalagens de bebidas em garrafas de plástico e latas de alumínio, colocará em causa os princípios da concorrência.
Editorial

É a educação, idiota!

(...) Como a mudança é sempre lenta e porque também importa fazer observar condições de equidade em função do que cada um produz de resíduos, parece inevitável que, à semelhança do que há muito acontece noutros países, se adotem sistemas de “incentivo forçado” (...)
Entrevista

Graça Martinho: “A recolha é o parente pobre da gestão de resíduos”

Há 20 anos que a professora e investigadora da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Lisboa, Graça Martinho, anda a ensinar a fórmula que permite aumentar a taxa de reciclagem em Portugal. Chama-se PAYT (Pay-As-You-Throw/ Pagar pelo produzido).
Reportagem #ENERGIA

Descarbonização: Metas demasiado ambiciosas para segmento residencial

A neutralidade carbónica foi definida como objetivo do Governo para Portugal até 2050. O caminho passa por metas ambiciosas, especialmente na próxima década. As empresas do setor duvidam que o país consiga cumprir os objetivos no segmento residencial.
Especial Saneamento

Promoção de água residual tratada a todo o vapor

A reutilização de águas residuais devidamente tratadas é considerada menos prejudicial em termos de impacto ambiental do que outros métodos alternativos de abastecimento de água, tais como transvases ou dessalinização.
Especial Reciclagem

Articulação é chave para aumentar a recolha seletiva multimaterial

Uma abordagem inovadora e mais eficiente precisa-se para aumentar os quantitativos da recolha seletiva multimaterial. A taxa de reciclagem está nos 38 por cento e Portugal tem de chegar aos 65 por cento em 2035, segundo ditam as ambiciosas metas europeias.