Projetos no Brasil, Moçambique e Uzbequistão entre os premiados nos PT Global Water Awards

Já são conhecidos os vencedores da 3ª edição dos PT Global Water Awards 2019, que visa “distinguir e celebrar projetos internacionais de relevo de entidades do cluster Português da água”, uma organização do jornal Água & Ambiente e da PPA – Parceria Para a Água.

 

Na categoria “Fornecimentos” o vencedor foi a Tecnilab com o projeto de sistemas de dosagem automática de reagentes em água para alimentação e circuitos de vapor de caldeiras e turbinas de centrais termoelétricas no Uzbequistão. Em “Empreitadas” o prémio foi para a Renato Azenha, com o desenho do projeto executivo incluindo construção do sistema de abastecimento de água, no distrito de Chingubo, Gaza, Moçambique. A TPF foi a vencedora na categoria de “Serviços”, com o plano de ordenamento do espaço marítimo de Moçambique.

 

Na categoria “I+D+I” o vencedor foi o Laboratório Nacional de Engenharia Civil, com o projeto Life Impetus, na Europa. Nesta categoria foram ainda atribuídas menções honrosas à Câmara Municipal do Barreiro, com o Projeto InfraStress, que envolve 11 países da Europa e do Médio Oriente, e à Águas do Tejo Atlântico com o projeto Res Urbis, que abrange oito países da Europa.

 

As menções especiais foram para o Grupo Politejo devido ao Politejo Brasil – Soluções para redes de infraestruturas e para a EPAL, devido à doação de estação de tratamento de água móvel, assegurando água potável e apoio especializado em Moçambique, após o ciclone Idaí e Kenneth.

 

O anúncio dos vencedores dos prémios e das menções honrosas e especiais decorreu no segundo dia da 14ª Expo Conferência da Água e contou com a presença do Secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias.

 

(in AmbienteOnline 11.12.2019)