Transição verde vai ter mais de 13 milhões de euros

Transição verde vai ter mais de 13 milhões de euros

Durante uma audição na comissão parlamentar do Ambiente, Energia e Ordenamento do Território, Matos Fernandes disse aos deputados que Portugal vai consagrar à transição verde mais de 13 milhões de euros: 6,3 mil milhões de euros do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) para a transição climática, a que se juntam montantes do REACT- Plano de Recuperação para a Europa e do próximo Quadro Financeiro Plurianual (Portugal 2030).


O ministro do ambiente considerou ainda que a presidência portuguesa do Conselho da União Europeia foi um sucesso na área do Ambiente e Energia, e que todos os objetivos foram alcançados, garantindo que os investimentos do REACT vão provocar “significativos impactos”.


Esses investimentos contam com 130 milhões de euros para investimentos no ambiente e ação climática, para recuperar linhas de água, para saneamento básico e para a resistência do país às alterações climáticas, lembrou. Serão também beneficiados 150 quilómetros de cursos de água, em vários rios.


No saneamento, acrescentou, será dada prioridade a investimentos para melhorar a qualidade das massas de água (Alto Minho cinco milhões, Noroeste 20 milhões e região de Aveiro três milhões), com o Sistema Público de Parceria das Águas do Alentejo a beneficiar de cerca de dois milhões de euros, e o sistema de saneamento de águas residuais do município de Alcanena de cinco milhões de euros. Depois, no âmbito do REACT, serão promovidos, entre outros, programas de rearborização de áreas ardidas e de gestão de combustíveis nas matas nacionais (25 milhões de euros), beneficiados parques florestais urbanos (1,5 milhões) e recuperadas áreas sensíveis ambientalmente (10 milhões).


Estes e outros investimentos, disse o ministro, serão apresentados “dentro de dias”.

Topo
Este site utiliza cookies da Google para disponibilizar os respetivos serviços e para analisar o tráfego. O seu endereço IP e agente do utilizador são partilhados com a Google, bem como o desempenho e a métrica de segurança, para assegurar a qualidade do serviço, gerar as estatísticas de utilização e detetar e resolver abusos de endereço.